Apesar de terem sido decretadas, nos últimos dias, várias exceções para cidadãos dos estados vizinhos, as fronteiras da Hungria continuam fechadas. 

A entrada de estrangeiros não residentes no país permanece severamente limitada. Estão autorizadas, com algumas condições que será importante esclarecer com as companhias aéreas, voos de ligação que passem por Budapeste (se, entre outras condições, o cidadão estrangeiro não sair do aeroporto).

Continua em vigor, com algumas alterações que não afetam cidadãos portugueses, o Decreto 81/2020, de 1 de abril, que poderá ser consultado em: https://beregszasz.mfa.gov.hu/news/information-on-hungarian-entry-requirements-due-to-covid-19-situatio

Em casos considerados de "especial urgência" poderá ser solicitada à Polícia Nacional Húngara, uma autorização especial para entrar no país sem ficar em quarentena. As embaixadas não estão autorizadas a efetuar estes pedidos em nome dos cidadãos. O pedido terá de ser realizado em Húngaro, pelo requerente e a autorização é da exclusiva responsabilidade da Polícia Nacional Húngara. Para mais informações deverá consultar: http://www.police.hu/ugyintezes-dokumentumok/hu!ugyintezes!elektronikus-ugyintezes!meltanyossagi-kerelem-magyarorszagra-torteno-beutazashoz-2

  • Partilhe